como desenvolver o apego seguro criando com apego

Você sabia que o apego seguro é muito importante para a qualidade da relação afetiva entre pais e filhos? Você sabe como fortalecer essa relação? O desenvolvimento de um apego seguro protege a saúde mental dos mais jovens e sempre que tratamos de criação com apego, devemos focar nas crianças, ou melhor, nas necessidades vitais das crianças. Porém, será que os cuidadores estão preparados para favorecer esse tipo de relação?

O apego seguro é uma teoria que defende que todas as crianças estabelecem um apego que pode ser seguro ou inseguro. A criação com apego depende da atenção que é dedicada ao bebê/criança, na rapidez e na eficácia com que os pais atendem as suas necessidades, aceitando os sentimentos do bebê/criança e dando-lhe consolo e segurança.

Criando com apego é quando os pais aceitam as necessidades do bebê/criança e se comportam serenamente (como adultos que são) frente às necessidades, receios e insegurança dos filhos. O apoio é de extrema importância, assim como a atenção, o carinho e a empatia.

Educação positiva e o apego seguro

Algumas pensam que o natural é criar os filhos da maneira com a qual fomos educados, ou indo para o extremo oposto. Em qualquer caso, tomando como referência a sua própria experiência e as conclusões que se internalizaram a partir dela, nem sempre é a maneira adequada de educar seus filhos. Na verdade, não existe uma maneira correta de educar seus filhos. Existe um aspecto que pode ser relevante  para a criação dos filhos: nossa INTENÇÃO como pais.

Por exemplo, é muito difícil para um adulto ser capaz de dar ao seu filho um apego seguro se ele ou ela tem um apego inseguro ou ansioso, ou seja, se a intenção é acolher essa criança com assertividade, preciso cuidar de mim e da minha relação com meus filhos. Portanto, existem maneiras de trabalhar esse aspecto, seja sozinho ou com a ajuda de uma educadora parental. Com uma boa orientação e foco, você pode obter os 3 pilares fundamentais do apego seguro.

O apego seguro e a educação positiva são aspectos importantes do desenvolvimento infantil pelas seguintes razões:

  1. O apego é uma necessidade biológica partilhada por todos os seres humanos. Isto significa que as crianças necessitam de viver vinculados a outras pessoas que cuidem deles e os desejem (o mesmo acontece com os adultos).
  2. O apego seguro é importante porque é o “espaço vital de crescimento da criança saudável”. Isso significa que a qualidade do apego transmitida à criança vai influenciar o modo como se desenvolve e comporta no futuro.
  3. É a criação com apego que transmite à criança a sensação de segurança, autoestima, confiança e autonomia para enfrentar o mundo, de acordo com a qualidade afetiva que recebe dos pais.

Educadora parental – Desenvolvimento do apego seguro

Pode ser que em alguns casos, pais e cuidadores não consigam desenvolver uma relação de apego seguro com os filhos, e isso pode ser transformado com o apoio de uma educadora parental. Como falamos anteriormente, não existe uma maneira correta de educar os filhos, existem novas perspectivas que podem ser aplicadas para facilitar esse processo.

O que as crianças precisam é de segurança, auto estima, confiança e autonomia. Correto? Bem, nem todos os pais e cuidadores receberam isso quando eram crianças e isso pode refletir na educação com seus filhos. Vamos, então, a alguns aspectos que podem ajudar nessa criação de vínculo.

  • Prestar atenção – aprendam a reconhecer os sinais que sugerem que o bebê está incomodado.
  • Ser responsivo – a criança deve estar consciente que os pais se apercebem do seu mal-estar e que respondem de modo adequado às suas necessidades.
  • Ser consciente – para que as crianças desenvolvam um sentimento de segurança, os pais devem responder às suas necessidades de modo consistente e previsível.
  • Demonstrar aceitação – as crianças precisam perceber que ao pais/cuidadores aceitam o seu mal-estar ou o sofrimento emocional em vez de o condenar ou rejeitar.
  • Consolar – quando a criança não se sente bem, é importante que os pais a sosseguem e consolem para que se sinta aceite e em segurança.

Gostou da publicação? Quer saber mais sobre apego seguro, educadora parental, educação positiva e outros assuntos sobre os pequenos? Entre em nosso blog e fique por dentro das notícias.

WhatsApp chat