Facebook 8 horas

educação parental apego seguro criando com apego criação com apego educação positiva

O apego seguro é muito importante para pais que buscam melhorar a relação com seu filho. Além de fortalecer a relação, protege a saúde mental dos pequenos. O foco da criação com apego são os pequenos, as necessidades vitais das crianças e a qualidade da relação afetiva entre pais e filhos.

A Teoria do Apego de Bowlby defende que todas as crianças estabelecem algum tipo de apego (entenda mais sobre os tipos de apego neste blog) com pais e/ou cuidadores. O tipo de apego estabelecido depende do quão atentos estamos em relação às necessidades dos nossos filhos, bem como na rapidez e na assertividade com que respondemos. Devemos buscar validar e acolher as necessidades e os sentimentos da criança, dando conforto e segurança para se expressarem.

Os comportamentos que apresentamos enquanto adultos estão diretamente relacionados com o tipo de relacionamento que foi desenvolvido com o cuidador principal na infância. A neurociência comprova que nossas crenças, doenças psiquiátricas e incapacidade de reconhecer e lidar com nossas emoções são fruto de nossas vivências infantis. 

É normal e natural que os bebês/crianças busquem suas primeiras figuras de apego como protetores quando se sentem ameaçados. Por isso, neste texto vamos falar sobre como melhorar a relação com seu filho por meio do Apego Seguro e da Educação Positiva.

Educação parental ou positiva Criando com apego

A educação parental contribui bastante para que os pais desenvolvam maneiras alternativas de lidar com os filhos. É um conjunto de técnicas de orientação aos pais sobre como educar as crianças dentro de uma perspectiva que envolve a autoeducação.

A educação parental (ou educação positiva) visa melhorar a relação entre pais e filhos. Com uma abordagem respeitosa e empática, a educação parental muda o olhar da família para a criança/bebê. Assim, esclarece comportamentos esperados para cada idade, nivelando expectativas e trazendo informações que transformam vidas e constroem relacionamentos mais honestos e respeitosos. Com o apego seguro, a educação positiva é uma maneira de ajudar os pais a superarem problemas com a educação dos filhos. 

A ideia é compreender quantas experiências de trauma trazemos para nossas crianças quando usamos a educação/disciplina punitiva. Após essa compreensão, os pais poderão ter atitudes mais saudáveis, amorosas e empáticas, preservando o desenvolvimento cerebral sadio de seus filhos. Entender sobre o desenvolvimento infantil ajuda a compreender porquê a criança apresentar certos comportamentos e a cuidar para terem suas necessidades atendidas, com empatia, respeito e preservando sua autoestima e autoconfiança.

Como já falamos, uma relação de apego seguro protege a saúde mental dos pequenos. Mas o apego seguro também serve para ajudar os pais e/ou cuidadores, entendendo que eles já tiveram suas próprias experiências, e os apoiando para que, como adultos, construam uma relação mais saudável com as crianças.

É muito difícil para um adulto ser capaz de dar ao seu filho um apego seguro se ele tem um apego inseguro ou ansioso. Muitas vezes não conseguimos dar a nossas crianças o carinho e acolhimento que não tivemos. Por isso, acabamos reproduzindo comportamentos autoritários. Logo, se você quer melhorar a relação com seu filho, é imprescindível desenvolver o autocuidado, olhando verdadeiramente para a sua infância e os seus traumas. Assim, você vai conseguir desenvolver uma relação de apego seguro com as crianças. Ter ao lado um educador parental (na Escola da Educação Positiva, formamos estes profissionais) nos apoia nesse desenvolvimento e autoconhecimento.

Criar com apego seguro é mais que apenas educar ou se dedicar, é se conhecer, conhecer seus limites, aquilo que precisa desenvolver em você mesmo, para conseguir promover os 4 pilares fundamentais do apego seguro: sensação de constante segurança, de proximidade e previsibilidade (no comportamento dos pais/cuidadores) e a diversão, o brincar juntos.

Como melhorar a relação com seu filho?

A criação com apego envolve vários pontos cruciais para você e seus pequenos se aproximarem. Mais do que um conjunto de práticas de aproximação, ele preconiza a responsabilidade com as necessidades das crianças e a sensação de segurança que eles precisam sentir para que seu desenvolvimento aconteça da melhor forma possível.

A educação parental baseada em apego seguro possui 8 princípios que devem ser considerados:

1. Preparar-se para a gravidez, para o parto e para a educação — Estudar e entender o que esperar da criação dos filhos e os comportamentos esperados e naturais, para nivelar expectativas.

2. Alimentar com amor e respeito — Priorizar momentos de conexão com nossos filhos durante a alimentação. Incentivar que comam quando com fome e parem de comer quando satisfeitos, confiando nos sinais de saciedade do corpo deles.

3. Responder com sensibilidade — Estar sensíveis aos sinais e estados internos de nossos filhos, buscando observar, entender e atender suas necessidades.

4. Promover o contato físico — Entender que criança precisa de colo e companhia. Toques carinhosos e respeitosos ajudam no desenvolvimento de uma relação de confiança e apego seguro.

5. Garantir um sono física e emocionalmente seguro — Compreender que a criança precisa dormir, que o sono é importante. Devemos buscar a razão pela qual não dormem bem.

6. Proporcionar cuidados amorosos consistentes — Cuidar da qualidade do tempo que estamos com nossos filhos. Termos entrega profunda no momento disponível para a conexão de modo a nutrir o relacionamento.

7. Praticar a disciplina positiva — Buscar que paremos de reagir e passemos a agir, entendendo as necessidades não atendidas por trás de cada comportamento de nossas crianças.

8. Procurar um equilíbrio entre a vida pessoal e a vida familiar — Procurar estar organizados física e emocionalmente para observar e atender melhor às necessidades da criança. Lembrando que todos os membros da família são importantes.

Gostou das dicas para melhorar a relação com seu filho? Acesse o nosso blog e confira mais conteúdos sobre educação parental, apego seguro, educação positiva e consultoria do sono infantil.