O vínculo e o processo de educação entre pais e filhos estão mudando e com toda essa mudança, surgiram novos estilos de criação de filhos, entre eles a criação com apego e a educação positiva. A criação com apego é uma forma de educação que auxilia os pais a firmarem vínculos estreitos com seus filhos. Esse estreitamento ocorre no momento em que esses pais passam a atender as necessidades dos pequenos de forma efetiva.

A disciplina positiva é uma forma de educar as crianças com base em 5 fundamentos com abordagem e perspectiva positiva. Baseada no amor e na empatia, a educação positiva propõe uma educação com respeito e firmeza excluindo lutas de poder, controle excessivo e permissividade.

Essas mudanças na educação habilitam as crianças a desenvolverem a empatia e a compaixão pelo próximo. A técnica requer mais reflexão e comprometimento pela parte dos pais. Afinal, o quando o assunto é a criação de filhos, trata-se da preparação das crianças para a vida.

Apego Seguro – Criação com apego

No processo da criação com apego existe o objetivo de tornar a relação entre pais e filhos mais próxima. É uma prática saudável e que contribui para um ambiente mais seguro, onde a criança se desenvolve mais naturalmente.

A técnica é melhor compreendida se olharmos com um olhar mais funcional. Ou seja, não existe uma lista de ‘pode e não pode’. Existe uma lista de princípios e que não precisam ser seguidas, rigorosamente, pelos pais. Cada pai, de acordo com seu ambiente, observando as necessidades da criança, escolher como aplicar os princípios em sua rotina.

A técnica pode ser aplicada desde quando a criança é um bebe. Começa com a alimentação, que é uma importante ferramenta para a efetivação do vínculo entre pais e filhos, pois quando uma necessidade física é sanada, as necessidades emocionais também são satisfeitas. A alimentação pode trazer segurança e proteção ao bebê.

O apego seguro nada mais é que a posição dos pais com relação ao bebe. Com o apego seguro o bebe aprende sobre empatia e compaixão ao longo de sua vida. Não é uma tarefa fácil e, na maioria das vezes, a prática torna-se prejudicial, tornando a criança mimada. É importante haver um equilíbrio entre conselhos e intervenções com a criança.

Educação positiva – Pilares

A educação parental positiva vem se tornando tendência na atualidade e as pessoas normalmente contratam uma educadora parental para lidar com algumas situações com as crianças em casa e para fora de casa.

A educação parental positiva é baseada em 5 pilares:

  1. É amável e firme ao mesmo tempo.
  2. Ajuda a criança a sentir-se importância e pertinência.
  3. É eficaz ao longo prazo.
  4. Ensina valiosas habilidades para a vida.
  5. Ajuda a criança a desenvolver suas capacidades e ser conscientes delas.

Nessa postagem você pode saber sobre a disciplina positiva.

Através da educadora parental é possível desenvolver e potencializar as habilidades das crianças para que elas possam ser capazes de solucionarem problemas por elas mesmas. Além disso, com a disciplina positiva é possível adotar uma postura mais amorosa e empática com os filhos, abolindo a disciplina física, que pode criar problemas emocionais e comportamentais, guiando as crianças de forma gentil, ensinando o que elas podem fazer e qual caminho elas devem seguir em cada situação da sua vida.

 

WhatsApp chat