Você já parou para pensar que a educação emocional é importante para o amadurecimento da inteligência emocional da criança? Também já parou para pensar que ensinar o seu filho a controlar suas emoções e encontrar o equilíbrio emocional traz resultados satisfatórios no futuro, como melhorar autoestima, além de contribuir no fortalecimento de suas relações? Então, é sobre inteligência emocional da criança que vamos conversar com você nesse post. Vamos lá!

Educação emocional e Inteligência emocional: a importância do equilíbrio emocional

Primeiramente, devemos esclarecer que uma criança emocionalmente equilibrada não é aquela não chora, não se irrita e não expressa seus sentimentos. Pelo contrário! Assim como os adultos, a inteligência emocional da criança é identificar e compreender suas emoções para, assim, saber lidar com elas. Desde a vinda ao mundo até o momento da morte lidamos com situações necessárias de gestão das frustrações, emoções e adversidades.

Conforme conceituado pelo autor Daniel Goldman (1995), a inteligência emocional é a capacidade de identificar nossas emoções e as emoções dos outros, a fim de motivar-nos e de conseguir nos guiar. Daí a importância da educação emocional, pois aprender a manter o equilíbrio emocional o quanto antes significa alcançar benefícios e vantagens como melhorar autoestima, melhorar a capacidade de comunicação, manter a resiliência e a autonomia desde a infância. Sendo assim, a construção da inteligência emocional da criança está interligada à educação emocional proporcionada pelos pais.

Uma das dicas essenciais que auxilia na construção da inteligência emocional da criança e a melhorar autoestima é ensinar por meio do exemplo. Digo e repito “ensinamos aos nossos filhos a melhorar autoestima e honramos esse valor através dos nossos atos, não através das palavras”. Então, siga sem medo e consciente, pois o seu comportamento será refletido em seu filho e suas ações representarão um modelo de conduta a ser seguido.

Educação emocional e Inteligência emocional: criança interior

Para que você ensine algo, é necessário aprender, não é mesmo? Nada mais justo, então, do que os próprios pais aprenderem sobre educação emocional e inteligência emocional. Aqui encontra-se o primeiro passo para o sucesso rumo ao equilíbrio emocional. Na relação entre pais e filhos existe a criança interior. Sua criança interior.

A criança interior é um conjunto de memórias, desejos e sentimentos que te acompanham desde a sua infância até hoje. Nós nos tornamos adultos, mas a criança interior não morre, ela se mantém sempre viva para te lembrar da alegria em viver. Portanto, para que a inteligência emocional se estabeleça, é extremamente importante trazer à tona aquilo que o incomoda e promover o reencontro com as emoções do passado, a fim de dar um novo significado a elas.

É por esse motivo que eu, junto com Flávia Pereira, Juliana Franco e Thaís Basile construímos um projeto lindo e profundo que auxilia, de fato, os pais, os filhos e os parceiros a serem o que desejam ser, resgatando sua própria identidade e conectando com sua essência. Encontrar o equilíbrio emocional por meio da inteligência emocional é nosso combustível. Permita-se encontrar com sua criança interior e descubra como você pode transformar a educação emocional dos seus filhos.

Dúvidas? Curioso? Participe da Imersão em Belo Horizonte sobre Inteligência Emocional da Criança: mais informações: https://www.sympla.com.br/inteligencia-emocional-da-crianca__637385

 

WhatsApp chat