criando-com-apego-conheca-a-criacao-com-apego

Dar atenção, colo, amamentar em livre demanda, acalmar na hora do choro e embalar na hora de dormir são algumas ações importantes da criação com apego.

A criação com apego, baseada em toque (carinhos, beijos, abraços, aconchego) e afeto vai contra a ideia de que atenção demais torna os filhos mais dependentes e mimados, porém, criando com apego significa fortalecer o vínculo emocional com os filhos, o que promove o que mais desejamos: que eles cresçam mais seguros, empáticos e felizes.

Você conhecia a criação com apego? Bem, o termo é baseado nos princípios da teoria do apego em psicologia do desenvolvimento e, na teoria, quer dizer, segundo Bowlby “uma forte ligação emocional com os pais durante a primeira infância, o que se torna fundamental para relacionamentos seguros e empáticos na vida adulta”.

A criação com apego é um conjunto de atitudes que ajudam os pais a criar vínculos com os filhos através da atenção consistente e amorosa das necessidades do bebê. Esse é o ponto principal, mas no caminho, você acaba aplicando técnicas da educação positiva, aprimorando, mais ainda, o apego seguro e ensina ao seu(s) filho(s) valiosas lições para toda a vida.

Apego seguro – criando com apego 

É inegável que criar e educar um filho é um desafio diário para os pais. Ferramentas como o apego seguro, disciplina positiva, a própria educadora parental, podem trazer sugestões para os pais de primeira viagem. Enfim, por melhor que seja a intenção de quem aconselha, muitas vezes os pais de primeira viagem ainda ficam perdidos com tanta informação e acabam ficando ainda com mais dúvidas.

Algumas pessoas podem pensar que a Criação com apego e a disciplina positiva são um “conjunto de regras a serem seguidas”, mas como todo mundo já sabe, não existe um jeito certo, uma fórmula, uma receita, para que a criação e a educação funcionem exatamente da mesma forma em todas as famílias.

Como falamos, a criação com apego é uma filosofia que ajuda pais a criarem vínculos com seus filhos, através da atenção consistente e amorosa das necessidades dos bebes. Não existem regras, mas o apego seguro segue orientações fundadas em investigações e conhecidas por serem eficazes em auxiliar crianças a desenvolverem ligações seguras.

Criação com apego – Princípios

Em 1994 a organização sem fins lucrativos Attachment Parenting International (API), criou oito princípios que não devem ser encarados como regras, mas sim como orientações para um apego saudável e seguro entre os filhos e seus pais. Os princípios são:

  1. Preparando para a gestação, nascimento e criação.
  2. Alimentando com amor e respeito.
  3. Respondendo com sensibilidade.
  4. Usando o contato afetivo.
  5. Garantindo um sono seguro, física e emocionalmente.
  6. Cuidado consistente e amoroso.
  7. Praticando a disciplina positiva.
  8. Mantendo o equilíbrio entre a vida pessoal e familiar.

Todos os pontos são princípios importantes da criação com apego. Além de se preparar para o processo de gestação, nascimento e criação, é preciso respeitar as necessidades da criança, atendê-los com afeto e paciência, entender que as birras são representações das emoções reais e levá-las a sério, entre outros pontos.

WhatsApp chat