Mentoria em Sono e Apego Seguro

mentoria-em-sono-e-apego-seguro

O apego é o vínculo emocional que uma criança desenvolve com seus pais que traz segurança emocional para um bom desenvolvimento da personalidade. Na teoria, um adulto independente, deve ter sido um bebê dependente, apegado e sustentado. Resumindo, um bebê que encontrou equilíbrio, repouso, amor e carinho no único ambiente que importa para ele: a mãe.

O desenvolvimento de um apego seguro protege a saúde mental dos bebês. A criação com apego depende não só da atenção que é dedicada ao bebe/criança, na rapidez e na eficácia com que os pais atendem as suas necessidades, aceitando os sentimentos do bebe/criança e dando-lhes consolo e segurança, mas principalmente se a mãe acessa sua sombra, ou seja, sua infância e se permite vivenciar uma nova história com seu filho.

A criação com apego é um modelo psicológico que tenta descrever as dinâmicas de curto e longo prazo das relações interpessoais entre humanos mostrando a reação dos mesmos dentro das relações quando magoados, separados dos seus entes queridos ou quando percebem uma ameaça.

Criação com Apego – Mentoria

O apego é um dos aspectos mais importantes para o desenvolvimento infantil. Ele é uma necessidade biológica partilhada por todos os seres humanos, assim como comer ou respirar. Significa que crianças e adultos necessitam viver vinculados a outras pessoas que cuidem deles e os desejem.

O apego transmite à criança a sensação de segurança, autoestima, confiança e autonomia para enfrentar o mundo, além de ajudar na manutenção do sono, no desmame gentil, entre outros aspectos.

Para desenvolver o apego seguro com seu filho é necessário prestar atenção em si mesmo, nas emoções que a convivência com nossos filhos trazem à tona e então se permitir vivenciar uma relação de valor com seu filho, sobre pilares verdadeiramente sustentáveis de amor e respeito. Colocar intenção na relação com o bebê e então, nos momentos em que a criança tem necessidades, ser responsivo e consciente para responder a ações focadas nas demandas da criança,. Ser consciente na maneira em que for responder a essas necessidades, demonstrar aceitação em momentos de mal-estar ou sofrimento emocional da criança e consolar a criança quando ela não se sente bem.

Mas será que todos os pais ou cuidadores estão preparados para favorecer este tipo de apego? Para isso a 8 Horas desenvolveu um curso de mentoria em sono e apego seguro. A mentoria foi criada por Lívia Praeiro, especialista em sono e referência no país em Apego Seguro.

O curso tem o objetivo de direcionar o comportamento dos pais ou cuidadores para atender não só as necessidades fisiológicas, mas as necessidades emocionais dos filhos. Confira!

Desmame Gentil – Criação com Apego

O desmame gentil é a busca, por parte dos pais, de desassociar a amamentação para os ono ou atendimento das frustrações vivenciados por seu filho.  A busca pelo desmame gentil é vivenciar um processo que não mude a relação entre mãe e filho, sua conexão. É respeitar o tempo da criança processar a mudança. Tem como objetivo acelerar o processo de desmame que aconteceria normalmente, mas de forma demorada.

Com o olhar da criação com apego, o desmame gentil é promovido quando somos responsivos e construímos uma relação de valor, onde a mãe desenvolve uma conexão que vai além do seio. A necessidade de sucções não nutritivas vai desaparecendo naturalmente. A mentoria apoia esse processo e direciona o comportamento dos pais para essa conquista. A prática do apego seguro é um conjunto de ações que visa ajudar a criança em diversos aspectos. O desmame é um deles.

A criança, durante o desmame gentil, passará a suprir suas necessidades emocionais por conexão e nutritivas com alimentos saudáveis.

Gostou da Publicação? Entre em nosso site e blog e confira as notícias sobre apego seguro, disciplina positiva, entre outros com a especialista em sono, Lívia Praeiro.

 

Criação com apego: proximidade, proteção e previsibilidade

Em nosso último post abordamos a importância de como ensinar a alimentação saudável infantil por meio de alguns pilares da criação com apego, baseada em educar com amor, comunicação não violenta e na disciplina positiva. Tenho certeza de que você ficou curioso em entender mais sobre essa filosofia! É por isso que decidi escrever nessa postagem sobre como a criação com apego auxilia no desenvolvimento infantil a fim de atender as necessidades do seu filho nos primeiros anos de vida. Tais necessidades podem ser resumidas a proximidade, proteção e previsibilidade.

Criação com apego: desenvolvimento infantil

A criação com apego, do inglês Attachment Parenting (AP), afirma que por meio da educação segura, empática, rica em afeto e amor, é possível criar laços familiares mais estreitos e, consequentemente, auxiliar no desenvolvimento infantil de forma mais positiva. Dessa forma, de acordo com os estudos precursores do psicólogo, psiquiatra e analista John Bowlby (1951), a criação com apego, por meio da criação de vínculo seguro entre pais e filhos, pode evitar o desenvolvimento de adultos deprimidos, hostis ou com problemas para se relacionar de maneira saudável com outras pessoas.

As pesquisas pioneiras de Bowlby (1951) abriram espaço para outros pesquisadores de psicologia e desenvolvimento infantil. Percebe-se que os bebês nascem com imensa necessidade de alimentação e de proximidade com o cuidador principal, normalmente o papel exercido pela mãe. Portanto, atender às necessidades básicas do bebê de prontidão favorece o desenvolvimento emocional, físico e neurológico da criança em seus primeiros anos de vida.

Sendo assim, práticas como a amamentação em livre demanda e o desmame gentil, são princípios enraizados na filosofia da criação com apego. Além de satisfazer às necessidades nutricionais e emocionais da criança, o momento da amamentação em livre demanda é o momento de desenvolver o vínculo seguro e fortalecer os laços de afeto. Da mesma maneira deve ser praticado o desmame gentil. Caso seja necessário desmamar a criança antes que ela sinalize estar pronta, a orientação é que seja feita de maneira gentil, amorosa e respeitosa. Dessa forma, o desmame gentil também contará com as práticas da criação com apego, momento em que a mãe irá acolher, conversar, combinar com a criança sem a necessidade de realizar o desmame de forma abrupta.

Criação com apego: proximidade, proteção e previsibilidade

Como já dito, a fim de atender as necessidades do seu filho nos primeiros anos de vida faz-se necessário proporcionar a proximidade, a proteção e a previsibilidade. Vamos entender um pouco mais o que significam esses 3 Ps.

A proximidade significa a proteção, ou seja, respostas oportunas à fome, ao sono, à estimulação cognitiva e cuidados corporais transmitindo o sentimento de segurança. Literalmente “estar lá” para a criança ajuda a estabelecer e manter as capacidades de confiança e empatia que são importantes elementos para criar uma relação de apego seguro.

A proteção deve ser enxergada proteção contra perigo, ‘predadores’, abuso ou negligência. Quase todas as espécies protegem seu recém-nascido e tentam mantê-lo longe do perigo. Proteger você mesma de pessoas ou situações que te desestruturam é o real significado de nos proteger de predadores/abusos! Se você está bem, você o protege!

Por fim, a previsibilidade. É extremamente importante evitarmos os ‘rodízios de babás’  ou de outras pessoas que cuidam do seu bebê. Quando o bebê não reconhece de quem são os braços que o envolvem, o cheiro, a voz e como aquela pessoa o responde em relação à suas necessidades, sua segurança é abalada. A troca frequente de cuidadores substitutos coloca o bebê sob estresse incomum. Infelizmente, é algo que conseguimos ter pouco controle… Eu posso dizer que tive sorte! Tenho a Eliane me apoiando desde quando estava grávida, até hoje!

Dúvidas? Entre em contato e continue acompanhando nossas postagens.

 

WhatsApp chat