Como fazer o bebê dormir a noite toda

Primeiramente vamos estudar como seu filho de 2 meses se comporta. Daí, então, entender um pouco mais sobre o sono do bebê e como fazer o bebê dormir a noite toda.

O importante é começar a observar quais as necessidades do seu filho e qual seria a rotina de um bebê de 2 meses. Dessa forma, tanto o bebê quanto os pais poderão ter mais tranquilidade no dia a dia.

Aí vem uma grande novidade: apesar de você ouvir amigas e parentes dizendo “bebê não dorme” ou “ bebê de 2 meses dorme muito” , cada bebê é de um jeito e  antes de acreditar que um bebê de 2 meses pode dormir a noite toda, é mais importante entender que você vai direcioná-lo pouco a pouco, respeitando as necessidades dele e construindo boas noites de sono segundo a maturidade dele. Nessa idade é esperado que durmam por 3 horas seguidas, o que já representa um bom descanso para as mães insones. Depois de estudar aqui com a gente vai ficar fácil entender como fazer bebê dormir.

O bebê com 2 meses já é mais ativo que o recém-nascido, porém ele ainda interage pouco e é normal dormir mais de 15 horas por dia (somando todos os cochilos do dia, mesmo picadinhos, dão um grande volume). Alguns podem ser mais agitados, tensos, outros com sono leve e que não mamam com facilidade, enquanto outros podem ser quietos e calmos, dormir bem e se alimentar melhor.

O sono noturno do seu bebê de 2 meses deve durar cerca de 9 horas de sono (sonecas) durante o dia, com cerca de 6 horas (divididas em dois ciclos) de sono durante a noite, segundo Holland (2004) e (West) 2010.

O sono do bebê de 2 meses ainda não é muito regular, apesar das mães desejarem que nesta fase eles já dormissem bastante, porém é comum aos 2 meses culparmos a amamentação por uma fala expectativa que o leite artificial ajudaria a dormirem a noite inteira. Ao contrário do que se imaginam, bebês que amamentam no seio dormem melhor porque no leite materno que mamam durante a noite, absorvem a melatonina da mãe e estimulam a produção desse hormônio tão desejado em seu organismo durante a noite, enquanto mamam.

O mais importante nessa idade é conseguir entender o que funciona com seu bebê e seguir uma rotina: ter hora de dormir, hora para acordar e então você vai se acostumando com a rotina e vai acordar no dia seguinte mais bem disposta.

O cérebro do seu bebê leva tempo para se organizar, por isso o sono durante o dia parece tão descadenciado. Mas não subestime a natureza, ele está aprendendo, dia a dia, a cadenciar seu ritmo circadiano, que é por reconhecimento do dia e da noite pelo nosso organismo. As sonecas parecerão desorganizadas neste 2º mês de vida, mesmo com rotina definida, mas é um importante caminho a se trilhar. A rotina do bebê vai permitir mais horas de sono pra toda a família e menos despertares durante a noite.

Seu relógio ou ritmo circadiano é regulado por fatores internos como a fome e o cansaço, bem como através de fatores externos, como a luz e a escuridão. Assim, seu bebê provavelmente terá mais períodos acordado durante o dia, sinal que está mostrando interesse em seus arredores. À noite, ele pode estar dormindo por períodos mais longos, chegando alguns bebês a apresentarem períodos de sono continuo de até quatro horas por vez, até o final do segundo mês (Grace 2010; West 2010).

No final deste mês, cerca de doze semanas, a soneca da manhã deve começar a cair na rotina e se manter na mesma hora todos os dias.

Uma ou mais reviravoltas noturnas ainda serão uma característica neste segundo mês (Smith, 2007), para a maioria dos bebês. Não só você, mas ele também está se adaptando a essa nova vida, no caso dele, fora do útero!

Não há maus hábitos nessa idade; seu bebê necessita legitimamente de sua ajuda, então fique à vontade para ninar, alimentar e até caminhar com ele, para que adormeça mais rápido. O importante é dormir!

WhatsApp chat