amamentacao semana mundial de aleitamento materno 2020

O leite materno é um alimento maravilhoso. Não é à toa que é chamado de ouro branco. Ele possui todos os nutrientes que o bebê necessita na quantidade exata para que ele cresça forte e saudável. Por isso a amamentação é tão importante. O aleitamento materno garante a oferta balanceada de açúcares, proteínas, gordura e vitaminas que ajudam a prevenir doenças futuras como diabetes, hipertensão e obesidade. Aleitamento materno, além disso, é cuidado, amor, carinho, é apego seguro.

O agosto dourado é como um instrumento de conscientização social em prol do alimento mais rico e indispensável para o bebê. Mas é importante virarmos a atenção, também, à saúde emocional das mães e a sua predisposição à amamentação. Não importa a maneira que a amamentação aconteça, pois tão importante quanto nutrir os filhos, é prover o apego seguro, a atenção, o amor, a entrega, o cuidado e o toque.

O agosto dourado está aí! E vamos falar, então, sobre amamentação e sua importância.

Aleitamento materno – Criação com apego

O leite muda sua composição ao longo da mamada. No início ele é mais líquido e contém grande quantidade de proteínas responsáveis pela construção do corpo do bebê e pela imunidade. No final, fica mais espesso e branco, contendo as gorduras e açúcares que fornecem energia para o bebê engordar e crescer e, além disso, o deixam saciado por mais tempo.

Cada bebê tem seu ritmo e as formas de amamentação e nutrição não são as mesmas, pois podem ocorrer via sonda, mamadeira ou direto ao seio. Mas claro, quando podemos promover a nutrição via seio conseguimos ao mesmo tempo proporcionar a oportunidade do contato e da nutrição ao mesmo tempo. Belezas da natureza!

Existe uma enorme pressão da sociedade para o desmame precoce do bebê e se as pessoas soubessem a importância que o leite materno e o contato que a amamentação promove, pensariam duas vezes antes de desestimularem uma mãe a oferecer seu seio. Os novos estudos mostram que o apego seguro com o cuidador e a boa alimentação são capazes de mudar, inclusive, a programação genética da criança, transformando-a em um adulto feliz, seguro, com relações afetivas saudáveis, prevenindo câncer, autismo e doenças degenerativas.

Amamentação – Agosto dourado – Criação com apego

A Aliança Mundial para Ação de Aleitamento Materno definiu o tema da Semana Mundial de Aleitamento Materno 2020: “Apoie a amamentação para um planeta mais saudável”.

Os objetivos da semana mundial de aleitamento materno 2020 são formados por 4 pilares: informar pessoas sobre os vínculos entre amamentação e meio ambiente/mudança climática; ancorar a amamentação como uma decisão climática inteligente; se empenhar com indivíduos e organizações para maior impacto; e galvanizar ação para melhorar a saúde do planeta e das pessoas através da amamentação.

O agosto dourado tem sido o mês dedicado a conscientização e apoio ao aleitamento materno e o tema desse ano tem vários pontos em comum. Veja só.

Amamentar é o jeito mais rentável, seguro e saudável de alimentar os pequenos, pois além de ser exatamente o que eles precisam, é de graça. Claro, é importante que a mãe cuide bem da sua dieta durante e após a gravidez para garantir aos pequenos todos os nutrientes necessários para crescer e se desenvolver.

Como já falamos, com relação a nutrição, o leite materno possui todos os nutrientes necessários para o bebê, gorduras, proteínas, vitaminas e açúcares. Além disso, também oferecem proteção e até mesmo prevenção contra doenças futuras.

O leite materno é a principal fonte de hidratação necessária para os bebês, demanda pouco do mercado e, consequentemente, do planeta. Pensando assim: para produzir uma lata de fórmula infantil, foi preciso matéria-prima, água, energia, combustíveis fósseis, mão-de-obra e, por aí vai. Enquanto isso, tudo o que uma mulher precisa para manter seu leite forte e nutritivo para os filhos é uma dieta rica, saudável e balanceada.

É claro que a amamentação é importante, mas:

  • Mães que nutrem seus filhos por sonda: tenham orgulho da força que existe e cresce cada dia mais, aí dentro. ⠀
  • Mães que nutrem por mamadeira: tenham orgulho da verdade que carregam nessa escolha, ou na falta dela.
  • Mães que nutrem com o seio: tenham orgulho da entrega para esse gesto, por essa doação!

NUTRIR tem ainda mais sentido quando é entendido e vivido com amor e INTENÇÃO.

Gostou da postagem? Confira mais em nosso blog!

WhatsApp chat